Como lavamos as roupinhas de um recém – nascido

Um dos momentos mais gostosos e que nos ajudam a entrar em contato com a chegada do nosso bebê é a hora de lavar as roupinhas do bebê. João Guilherme é meu primeiro filho, como eu não tinha experiência nenhuma neste setor, logo resolvi pedir ajuda para minha mãe. Na verdade quem a conhece sabe que ela fez questão que eu levasse as roupinhas para ela lavar. Graças à Deus!Pois nos momentos finais da gravidez, nada como um colo de mãe para a gente se apoiar. Eu já tinha ouvido falar de várias formas de se lavar as roupinhas e uma informação era unânime, deveria ser com sabão neutro, próprio para pele delicada do bebê, como aqueles famosos do mercado ou nosso bom e velho sabão de coco. Minha mãe, tradicional como é, optou pelo sabão de coco. Segundo ela, pode ser o em barra ou o líquido. Ela, usou os dois! (primeiro neto…primeeeeeiro neeeeto). Ela sugere que se encha um balde com água e despeje uma quantidade boa para se fazer uma espuma, coloca-se as roupinhas de molho por cerca de 10 minutos, esfrega-se um pouquinho de nada e caso tenha alguma manchinha aí que o sabão em barra entra, passa-se um pouco sobre a mancha e aí esfregue até sair. Depois enxagua-se e colocamos em um outro balde com uma solução que ela aprendeu com uma senhora muito experiente que cuidou com muito carinho de duas irmãs que conhecemos há tempos. Esta solução fará o papel de amaciante, que também é contraindicado para a pele dos bebezinhos. Em um balde , ou bacia, coloca-se meio copo ( aproximadamente 100 ml) de vinagre branco, misture bem com a mão e apenas passe as roupinhas nesta, torça e estenda. Esta deve ser a última água que as roupinhas passarão. Elas ficarão macias e com um aroma neutro que não incomodará os instintos tão sensíveis do recém-nascido.

E vocês? Como fizeram? Tem alguma dica para dividir com gente?

Compartilha com aqui nos comentários.

Beijos

Marina

Comentários

Comentários

Posts Relacionados